Arquivo do blog

sábado, 14 de janeiro de 2012

MISERÁVEL É QUEM NÃO PENSA


MISERÁVEL É QUEM NÃO PENSA

Ultimamente tem-se alardeado muito o crescimento econômico do Brasil e a sua pretensa auto-suficiência frente à crise do capitalismo mundial e a crise européia. A Europa pode até está em crise, mas nós continuamos sendo os pobres e miseráveis de sempre!

Mesmo admitindo-se uma melhora significativa na condição de vida dos brasileiros, é preciso também reconhecer que ainda estamos muito longe de nos equipararmos às nações européias. Não se muda uma nação sem mudar a mentalidade das pessoas!

Os sinais do nosso atraso intelectual e da nossa ignorância são flagrantes e estão por toda a parte. Ainda que tenhamos crescido economicamente e que cada família agora possua pelo menos um automóvel, somos ainda pobres na atitude e no pensamento.

O nosso país é muito parecido com a lady Kate do Zorra Total: Enriquecemos, mas continuamos pobres. Tal e qual a lady Kate da TV, enriquecemos, mas não evoluímos. Temos uma boa casa e um mordomo, mas o espírito da pobreza ainda habita em nós; agora somos ricos com as mesmas atitudes de pobre!

É exatamente assim que eu vejo o nosso país: uma nação que cresceu economicamente, mas cujas pessoas pensam e agem como miseráveis. Mesmo morando na casa luxuosa do bairro rico não conseguimos nos esquecer da tripinha assada com caninha lá do beco fedorento onde o esgoto corre a céu aberto!

Ao invés de ficar sorrindo e interpretando literalmente as minhas metáforas, dê uma volta pelas ruas da sua cidade (isso não vale para quem mora em Gramado) e veja como as pessoas dirigem os seus carros enquanto jogam lixo pela janela do veículo. Compraram carros 0 km e continuam agindo como porcos.

Outro indício da nossa pobreza cultural e intelectual é a forma ignorante, religiosa e irracional como nós justificamos a miséria. As mazelas da nossa sociedade como a mendicância e a corrupção das autoridades é estimulada e justificada pela nossa própria forma de pensar e agir.

Ao invés de fazermos como alguns países da Europa, que desde o século XVII abandonaram o hábito de dar esmolas, o brasileiro diz imbecilmente dos pedintes e desocupados: “É melhor pedir do que roubar”; e assim vamos justificando a pobreza e a miséria e perpetuando a “indústria da esmola”.

O desinformado povo brasileiro, tal e qual o catolicismo medieval, vê nos miseráveis não uma responsabilidade dos poderes constituídos e da sociedade como corpo, mas uma forma de se redimir e “ficar de bem com deus”, que nessa perspectiva, parece se satisfazer com a miséria.

Dessa forma, distribuindo “boas ações” e tornando sem sentido os impostos arrecadados pelo Estado para esse fim (assistência social), vamos acreditando equivocadamente que “quem dá aos pobres empresta a deus” quando na verdade quem dá aos pobres aumenta a pobreza. O miserável bem sustentado pelos transeuntes e motoristas nunca desejará sair das ruas.

Os políticos continuarão dormindo tranqüilos e serenos e desviando verbas públicas enquanto tiverem a certeza que os inocentes, crédulos, caridosos e incultos cristãos permanecerão dando esmolas e sustentando a pobreza nos semáforos da cidade. O sinal de que o que eu digo é verdade está nos sinais (semáforos)!

Estou convencido de que a maior de todas as misérias do homem em particular e de um povo em geral é a estupidez e a falta de conhecimento. Um povo inculto jamais será rico, mesmo que tenha dois carros na garagem e viva em um país onde o PIB cresceu significativamente.

É preciso ler mais livros ao invés de assistir ao Big Brother. Miserável é quem não pensa!

André Pessoa

9 comentários:

  1. Vou voltar pro GGE só pra assistir sua aula de novo. Esse texto deve ser publicado, nós vemos tantas baboseiras rodando em redes sociais. Coisas como essas é que deveriam ser compartilhadas. ótimo texto professor!

    ResponderExcluir
  2. Feliz ano novo!! Que Deus esteja contigo prof.!! Eu sinto saudades das sua aulas, Buáá!(kk). Que cada vez que você der uma aula cada um de seus alunos tenha um pouco de você e que você tenha um pouco de nós!

    ResponderExcluir
  3. NOSSA!!!

    Finalmente mudou a foto de perfil, eu já ia pedir pra mudar mesmo, pois com aquela cara sisuda parecia mais que tava mal humorado!!

    ResponderExcluir
  4. professor escreve um texto sobre o homossexualismo

    ResponderExcluir
  5. professor se o senhor descobrir quem eu sou te dou 50 reais

    ResponderExcluir
  6. EU SEMPRE ENTRO AQUI E TIRO ONDA COM ANDRE PESSOA, SOU UM ANONIMO MUITO BEM ESCONDIDO, SOU QUE NEM OSAMA BIN LADEN, DESCOBRIR QUEM EU SOU SERÁ DIFÍCIL, ANDRE PESSOA NUNCA VAI CONSEGUIR ME PEGAR!!!

    ResponderExcluir
  7. Para se ter qualidade de vida, basta ter uma boa casa, dois quartos e pronto. Não precisa de automóvel.

    ResponderExcluir