Arquivo do blog

sábado, 17 de setembro de 2011

ESPÍRITOS NÃO MARCAM ENTREVISTAS






ESPÍRITOS NÃO MARCAM ENTREVISTAS


A Xuxa sempre me inspirou muito (risos...). Acho que eu nunca teria sido a pessoa que sou hoje sem o ilariê e as paquitas, especialmente sem as paquitas, as musas inspiradoras de muitas das minhas mais picantes fantasias infantis.
Inspirou não, continua inspirando. Escrevi este texto depois de assistir ao seu programa hoje a tarde após chegar em casa ao final de uma manhã de muitas e cansativas aulas (só a “rainha dos baixinhos” para produzir tamanho milagre literário em mim!).
O programa abordou em um dos seus quadros a atividade “mediúnica” de um rapaz chamado Lívio que pinta em estado de consciência alterada obras atribuídas aos espíritos de mestres da pintura como Monet, Matisse, Renoir e VanGogh. Uma espécie de psicopictografia.
O rapaz, ao explicar o fenômeno, como não poderia deixar de ser, seguiu o roteiro de todas as historinhas de contatos com espíritos iluminados afirmando que desde muito cedo o “outro lado” desejou se aproximar dele. Segundo o seu próprio relato, acordava a noite sobressaltado e, como faz um sonâmbulo, sem muita consciência das coisas, pintava inúmeras obras-primas em estado de êxtase.
“Uma vez”, explicou o referido médium (médium é alguém que nem é grande e nem pequeno), “acordei a noite e vi Renoir, que estava pintando dentro da parede do meu quarto, e se apresentou a mim”. Eis aí um método arrojado típico dos movimentos de vanguarda: pintar dentro da parede.
Em outra de suas quiméricas experiências o rapaz afirma ter conversado longamente com alguém que se identificou como Antônio Francisco Lisboa, mas que podia ser chamado de aleijadinho. Muito interessante já que este apelido não era usado pelo artista barroco mineiro, mas foi atribuído a ele posteriormente por aqueles que mencionaram a sua obra.
A verdade é que a matéria sobre o rapaz chamado Lívio e que “incorpora espíritos de grandes pintores impressionistas” está cheia de inconsistências dignas de um autêntico show da Xuxa. Quero apontar algumas.
Em primeiro lugar, chama-me a atenção o fato de que embora o rapaz tenha dito em sua entrevista que não pintava por si mesmo e que era apenas um canal de manifestação dos grandes espíritos, não hesitou em fazer uma demonstração da sua “mediunidade” a Xuxa quando esta o visitou em seu atelier (ou seria um centro espírita?). Até os espíritos do além se rendem às câmeras da Rede Globo!
Tudo aconteceu como se os espíritos impressionistas e de outras tendências tivessem marcado uma entrevista com a Xuxa lá no centro espírita. Na hora marcada, todos os entes sobrenaturais, a um só tempo, foram se apresentando como se tivessem ansiosos para aparecer na telinha.
Foi muito engraçado e suspeito o fato de o rapaz ter “entrado em transe” em menos de cinco segundos a fim de se apresentar à Xuxa. Depois de uns espasmozinhos ali e outros aqui, movimentos de face destorcida, pescoço virado para os lados e os olhos meio abertos e meio fechados, a galera chegou rapidinho!
Algo muito curioso também foi que o rapaz havia dito anteriormente que nas suas experiências noturnas os espíritos lhe falavam em francês e ele os escutava em língua portuguesa (um caso de xenoglacia), mas durante o mini-show que ele deu para a Xuxa no seu atelier “os espíritos” falaram em português com sotaque francês. Ninguém merece esse tipo de tradução simultânea do outro mundo.
A experiência desse rapaz com os seus amigos impressionistas só me revelaram uma coisa: a religião como nós a conhecemos (embora o espiritismo não se considere uma) está a beira da morte e dando os seus últimos suspiros. Aliás, ela está morrendo de uma forma muita patética quando comparada a importância que teve ao longo da história.
Chegará o tempo, e não está muito longe, que essas histórias “mal-assombradas” contadas por pessoas religiosas só causarão náusea e desprezo nos ouvintes. Esses “sinais e milagres espirituais” forjados por aqueles que não têm nada de concreto a dizer não passarão de piadas para as pessoas rirem.
Alguém precisa avisar a esse rapaz, e a Xuxa também, que os espíritos não marcam entrevistas!

André Pessoa

13 comentários:

  1. Justamente, os espíritos não marcam entrevistas, simplesmente são demônios que se passam por pessoas que já morreram para enganar as pessoas, fazê-las acreditar que a alma, depois que morre, fica "rondando o cemitério", ou "aparecendo para alguns para deixar recado", ou coisa parecida. No Globo Repórter passou o caso de uma mulher que afirmou ter conversado com a irmã que morrerá há alguns anos. É demônio, espírito mau. Não caia nessa. Isso eu aprendi assistindo o R. R. Soares, foi esse pastor que falou, e realmente ele está certo.

    Outra coisa, como escritor de outros temas, André Pessoa é um ótimo preparador de textos e tem uma ótima ortografia e vocabulário, é nota 10, apesar de eu notar alguns erros de acentuação e de sinais de pontuação, agora como escritor de temas relacionados ao cristianismo, ele é nota zero ao criticar, sem fundamentos, os cristãos (que ao certo nunca fizeram mal a ele).

    ResponderExcluir
  2. Sai dessa cara!A espiritualidade é algo já comprovado cientificamente. Na verdade você é um descrente que não entendeu que a espiritualidade tem um compromisso social e nada mais do que o programa da Xuxa, em rede nacional para divulgar o sobre natural, ¨existe mais mistério entre o céu e a terra¨. A proposta é amar ao próximo como a sim mesmo e fazer caridade, pois sem caridade não há salvação. Desejo que a espiritualidade entre em contato o mais breve possível com você, quem sabe se você não será o próximo a incorporar. KAKAKAKAKAKAK

    ResponderExcluir
  3. Achei seu comentário sem base. Você já foi a algum terreiro ou centro espírita?Gostaria muito de te fazer um convite. Que tal você aparecer no meu terreiro para eu te mostrar um mundo espiritual, temos disciplina e horário marcado com as entidades que auxiliam ao planeta terra. Afinal antes de criticar você deve conferir na pratica. Espero você no vale do amanhecer.

    ResponderExcluir
  4. Amor, você escreve tão bem. Que tal se aperfeiçoar no mundo espiritual e explicar melhor estes fenômenos sobre naturais. Bjsssss. Aguardo sua pesquisa.

    ResponderExcluir
  5. Maluco, a alguns anos atrás, láaaaaaaaaaaaaa bem no passado, o nosso grande Chico Xavier em emissora nacional, não recordo o nome do programa, porem foi ao ar para ser sabatinado por teólogos, filósofos, pastores, enfim um grupo de excelência para criticar, avacalhar e zoar com o nosso espiritualista.O mesmo respondeu a todas as perguntas com êxito e coerência deixando a todos comprovado a existência das espiritualidade. O que você diz desse fato?Aguardo resposta.

    ResponderExcluir
  6. Meu amor, porque essa cara tão sisuda, não sei se estou olhando para o André Pessoa ou para o Lobo Mau.AU!!! AU!!!

    ResponderExcluir
  7. Você é o ator principal do crepúsculo brasileiro? Cuidado, pois os olheiros podem te escolher para o próximo filme em Hollywood.Afinal, o seu blog está muito escuro.kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente, muitos preferem acreditar nas mentiras do inimigo do que se apegar com a verdade. Gente, pelo amor de Deus, onde já se viu o planeta Terra se formar de "uma explosão", o homem descender do "macaco" ou coisa parecida? Foi Deus quem criou a todos nós, a Biblía mencicona tudo isso, e ela é o manual da humanidade. Aliás, André Pessoa deveria ter o Livro Sagrado como base para escrever suas postagens. Vamos deixar de acreditar em "pai-de-santo", "macumbeiro", "hare-crhisna", "espiritualista" ou coisa parecida. A verdade é uma só, e o papel do inimigo é justamente esse, enganar as pessoas com FALSAS RELIGIÕES, com VERDADES MISTURADAS COM MENTIRA, para levar todos à perdição. Ele e seus anjos maus trabalham com afinco para fazer com que as pessoas pensem que "não há mais esperança, não há mais jeito, não tem mais solução, a humanidade está perdida", mas isso não é verdade. Deus ama tanto seus filhos que, por meio de seu filho Jesus, trouxe esperança e salvação à humanidade. E detalhe: só existem dois caminhos, o do bem e o do mal. O inimigo mente, dizendo que, "ah, vc tem que fazer caridade pra ser salvo, tem que servir aos espíritos" mas isso é a pior mentira que eu já ouvi.

    ResponderExcluir
  9. Bom, sou ateu, assim como não acredito em Deus, Jesus como o Salvador da humanidade, também não acredito em superstição(agnoste, como o professor ensinou). Mas ficou claro que os espíritos que "baixaram" no homem da entrevista eram de pessoas que sonhavam em aparecer na globo (kkkkkkk). Como eu digo, Cada cada é cada um, mas no meu ponto de vista, é uma "idiotíce" achar que espíritos podem adentras os corpos de outras pessoas e mandar mensagens do além, como se só aquele ser humano pudesse ouví-lo, como se fosse superior.
    As pessoas estão cada vez mais necessitando de algo sobrenatural para acreditar e passando pro lado da mística.
    Como citado pelo companheiro Anônimo, algumas instituições religiosas estão mais pra indústria de "crentes", que têm como única respostas para tudo, a vontade de Deus!. E o pior é que ainda lucram com isso.
    Mas o que me espanta mesmo é como esses conseguem acreditar em uma mentira tão gritante. Não estou dizendo que sou isso e aquilo, e que fulaninho é menos, é menor, só fica um vão em minha mente sobre essa questão. Mas cada cada é cada um né ?

    ResponderExcluir
  10. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Que repercussão!!!

    ResponderExcluir
  11. Bom, André Pessoa é um excelente escritor e é dotado de muito conhecimento a respeito de várias coisas mas, concordando com alguns aqui, quando se trata do cristianismo ou de religião em geral mostra certa ignorância e alienação a respeito do mundo sobrenatural. é fato de que certas coisas acontecem no meio espírita, basta ir a um centro espírita para presenciar tais fenômenos, mas como já dito acima, isso são obras de anjos caídos e não de pessoas mortas, afim de confundir a cabeça do homem com verdades e mentiras. Dizer que a religião está morrendo é um absurdo, basta dizer que 90% do brasil, por exemplo, é cristão e que cada vez mais são fundadas mais igrejas evangélicas, apesar de que igreja e religião são duas coisas diferentes. (desviando um pouco do tema)...Eu acho que o ateu vive em constante conflito porquê não conssegue entender e se questiona da forte presença da religião no mundo kkkk deve achar que o ser humano é muito idiota para se submeter a coisas tão absurdas (do ponto de vista dele), e começa a elaborar teorias de que foi razões econômicas ou simplesmente lavagem cerebral, se eu fosse ateu eu acharia isso. Mas sempre haverão pessoas que terão experiências pessoais com Deus e por esse motivo sempre existirá religião. ;)

    ResponderExcluir
  12. Isabelle Câmara - sua aluna querida do GGE II 3º A.19 de outubro de 2011 17:03

    Professor, eu achei muito interessante o seu texto sobre esse programa da xuxa. Eu sou espirita e tenho convicção da minha religião e achei um absurdo isso que eu li aqui no seu blog. Eu acho horrivel esse tipo de abordagem do espiritismo. Essas pessoas que aparcem nos programas só querem ganhar dinheiro em cima disso e eles não respeitam essa religião, que é muito séria. Vê-se, claramente, que esse programa foi uma picaretagem e esse menino de medium nao tem nada, só tava ali pra ganhar dinheiro e denegrir a imagem de uma religião que ele, talvez, nem acredite. O espiritismo não é uma religião proselitista e não tem interesse algum em mostrar 'isso' em rede nacional. Gostei muito do texto que mostra que em qualquer lugar e a qualqer época existe malandragem e falta de respeito, proncipalmente no Brasil.

    ResponderExcluir
  13. Sou bastante leigo no quesito religião,
    mas fiquei "abobalhado" com a quantidade religiosos ferrenhos que visitam seu blog xD e lascam o pau em você, de tal maneira que mostram claramente que se sentem agredidas com SUAS(prof.André)opiniões, dando-me a atende que elas ficaram balanças com suas investidas,
    como um lutador que põe o braço na frente do rosco pra defender um soco e mesmo assim o soco do adversário o tira do eixo fazendo-o cair.
    Bom espíritos existindo ou não, demônios existindo ou não, acho que a ciência ainda tem muito o que evoluir pra comprovar certas coisas, como os EQMs(Experiência de Quase-Morte) que ainda intrigam os cientistas (atualmente estão sendo feitos estudos mais aprofundados e até desafiadores para o fenômeno.
    Eventos Paranormais são eventos que a ciência não consegue comprovar, não é isso?
    Pra mim isso quer dizer que a ciência ainda é pobre para mostrar por A+B como algo ocorre e deixe de ser algo sobrenatural,
    e mesmo assim quando a ciência conseguir comprovar algo dessa natureza ela será simplificada em relações matemáticas e tudo o que foi embaso em crenças será acompanhado de um artigo indefinido,um exemplo bem simples, seria trocada a expressão "É a luz divina." por "UMA forma de energia proveniente de um plano X que surge a partir de tal fenômeno".

    (8)"A discussão é natural em qualquer desentendimento, e tudo é só questão de opinião..."(música: Maldito hippie sujo.Banda: matanza".

    As pessoas perdem tempo d+ defendendo com unhas e dentes seus pontos de vistas, ao invés de ouvir e analisar os diferentes pontos de vistas e notar até onde acha que é verdade o que o outro diz, sem fazer com que sua visão caia matando a visão do outro.
    Pois se nada do que outra pessoa fala não fizesse sentido não exaltaríamos nossos ânimos ao ponto de agirmos como macacos imponentes defendendo seu território.

    ResponderExcluir